Tudo novo.

É um sentimento que não sei se é bom, ou ruim. Eu já até me esqueci porque me sinto assim. Parece que nada faz mais sentido, mas também, parece que tanto faz… Essa bagunça não vai ser desfeita mais. Quando você tem a certeza de algo, mas nada acontece, e aí você se perde, e sem saber pra onde correr, simplesmente vai.

Parece que finalmente surgiu um pouco de paz.

Mas nada se encaixa, mas você também não quer saber. No meio do nada, longe de si, próximo de tudo que já não existe mais ali, você escolhe simplesmente seguir. Não há vazio, há somente uma longa estrada pronta para ser seguida, uma nova página para ser escrita, uma nova cena para ser dirigida…

Um novo começo de uma mesma vida.

Respirar

Mais uma vez eu deitei minha cabeça,
Fechei meus olhos e uma lágrima desceu.
Lembrei de todas as promessas e do “para sempre” que não aconteceu.
Essa dor machuca, e parece que não tem fim,
Tudo pareceu bem real pra mim.
Mas uma hora, tudo há de passar,
Uma hora, essa cicatriz vai fechar,
O mar turbulento do meu coração vai se acalmar,

E eu finalmente vou poder respirar.

E você? O tempo te levará.

Quadrado

Um dia,
Eu me esforcei tanto
Para não sair da vida das pessoas.
Me espremi para tentar entrar na vida de outras
Que minha cabeça insistia em criar um laço
Por algum tipo de sentimento que tive.

Teve quem soube me ter,
Mas não me manter.
Houve ainda quem não soube nem me ter.
Tem gente que nem questão fez! (risos)

Mas o ideal pra vida é
Ter quem te conquiste,
E insista,
Em te conquistar a todo tempo.
Que persista,
Pra te manter por perto,
E estar ao teu lado
Sempre.

Pensamentos, obscuros passados pensamentos.

Não precisa me tocar,

Me satisfaz saber que seus músculos contraem ao pensar em mim,
Te cruzar os olhos ao passar por mim,
Me desconserta te deixar assim.

Não me olhe nos olhos,

Eu desvendo mistérios,
Desmascaro pensamentos,
Me encanto com os horrendos,
E atendo desejos.

Não se perfume,

Gosto do cheiro da pele,
Do aroma do sabor,
Da sensação de satisfação,
Do sorriso ardente,
Do suor indecente.

Da loucura de ter e saber que no fundo existe um você, completa por escuras vontades,
Que se contém pra não perder a linha,
E mantém a compostura pra viver,

Quando você descer desse salto, vais ver. Você vai se render.

Sai, por favor,
Eu te imploro.

O mundo exerce pressão,
Me faz apressar o coração,
E ter pressa de viver.
Mas eu não sou meio,
Eu sou inteiro,
Eu sou completo
Paixão.

As vezes,
Eu só desejava me desligar de tudo,
Trancar as portas,
Fechar as janelas
E me trancar.

Até escrever me faz mal,
Porque as palavras se perdem em meio tanta confusão,
E é melhor ficar quieto, calado.

Fechado.

Como dói saber que preciso te esquecer..

Eu, que fiz questão de você,
Que achei que fôssemos nos estabelecer,
Pensei que nesses altos e baixos
Nós dois jamais deixaríamos de nos ver…

Você está longe de mim,
E eu de você.
Meu coração chora por dentro
Mas também, não sei se quero te ter.
É uma luta constante entre
O que já aconteceu e o que há de acontecer.

Será que você pensa em mim,
Como eu penso em você?

E esse batalha, eu sempre irei perder…

Porque metade de mim se foi com você.

Te adoro..
Não só te adoro.

Te sonho, te sofro
Te quero e te espero.
Te desejo, como uma chama
Combustando algo que eu desconhecia.
Cada centímetro de minhas forças,
Hoje vivem pra suspirar.
Te planejo, te protejo
Te vômito e te engulo.
Te espero, como a última música antes da morte,
Como a última dança antes do raiar do Sol
Ou como um trovador, a sofrer por amor
A esperar com a dor - ou a doer meu rancor.

Não sei o que fizeste
Mas de mim tomou tudo.
Não te quero somente hoje,
Por uma noite, ou até amanhã.
Cravaste uma estaca no meu peito,
E a única maneira de não machucar
É continuar a te amar.

Ah, mas que doce sacrifício...
Que torturante artifício,
Que delicioso apertar...

Eu sofro
Ao esperar o seu entregar
De corpo e alma.
Espero sobrar algo
Pra viver o celebrar
Da nossa eterna união
No dia em que formos casar.

Apesar de ter me feito sofrer
Não consigo esquecer
Que prometi até o fim da minha vida
Te proteger.

Porque não só te adoro...

Amo você.

Eu tentei,

Eu juro que fiz até o que não pude para ser seu.
Demorei tanto pra querer me entregar,
E aos poucos eu fui querendo me dar.
Você foi tirando aos poucos o meu medo de amar.

E depois,
Você não soube cuidar.
Eu me sinto despedaçado, quebrado em pedaços.
Ao seu lado era onde desejava estar,
Mas não sei e não consigo mais
Esquecer todas as besteiras que passamos.

Parece tortura.

Dói pensar que agora só existe ruínas.
E machuca ter que pisar no que sobrou.
Eu tento esconder o que tem dentro de mim
Mas meu coração grita e implora pelas suas desculpas
E minha cabeça fantasia você me pedindo perdão,
E dizendo que não pode viver mais sem mim.

Assim como eu não podia mais viver sem você.

Te esquecer parece ser
A tarefa mais difícil que vou ter que fazer.
Eu poderia até, mais uma vez,
Te pedir perdão por algo que não fiz,
Correr atrás de um problema que não causei.

Mas eu tenho a necessidade de sentir
Alguém que sinta comigo,
O mesmo medo que tenho de perder
Esse amor tão bonito.

E que me ajude a permanecer sempre lado a lado
Não importa as dificuldades que venham
Ou os problemas que apareçam,
Ou as dificuldades que surjam.

Eu só preciso de um amor que possua a mesma força que eu tenho pra superar tudo que há de vir.

Paz

Mais que ontem
Me conheço mais.
Muito mais que amanhã,
Preciso muito de paz.

Um dia cheio de amores na mão,
Outro dia vazio, com as dores apertadas no coração.
Leva tempo até atingir a felicidade sozinho,
Então não preciso de um amor
Preciso apenas de alguém que me dê carinho.

Meu amor não me trai mais,
Sei que estou bem, mesmo sem alguém comigo, junto ao cais.
Só quero alguém que some,
E não subtraia minha paz.